Recomendados

23 de setembro de 2015

Será que estamos mesmo sozinhos?

          Fala galera, beleza? Esses dias na minha aula de Química, o professor passou um vídeo de potencias de 10 e mostrou o quão grande é nosso universo, obviamente eu já sabia disso, mas vendo o vídeo te faz pensar se estamos mesmo sozinhos nesse macro cosmo, vou mostrar o vídeo e falar um pouco sobre.
Esse vídeo fala sobre o microcosmo também, mas não é sobre ele que quero falar.



          Olha a imensidão do universo, o que que é o Sol a 100 anos-luz de distancia? Imagine a quantidade de planetas que existem, quantas galáxias nem foram descobertas ainda, é uma infinidade de coisas pro homem se dar ao luxo de acreditar que só existe ele no universo, a força criadora não fez isso tudo só para nós, eu não acredito nisso, é até egoísmo por parte de quem acredita de certa forma.
           Agora, pensa comigo, você acha que estamos sozinhos? Viu quantas estrelas, galáxias, planetas existem no espaço? Já foram descobertos planetas em zonas habitáveis, lógico que muito distante da Terra, porém existe, é muito louco pensar que pode existir seres parecidos com a gente talvez com tecnologias muito avançadas, ou com habilidades sobre humanas, dimensões diferentes das nossas, quando eu começo a viajar nisso eu até me questiono se a morte é realmente o fim, e se você, quando morre viaja para outro lugar no universo e vive uma outra vida, com seres diferentes, dimensões diferentes, modos de viver diferentes? Eu gosto muito de pensar essas coisas.
          Esses vídeos que mostram a vastidão do universo serve para colocar nossos pezinhos no chão e percebermos que somos apenas pó, tudo que fizermos aqui não altera nada no universo, você pode ser a pessoa mais poderosa e influente do mundo, mas comparado a imensidão do cosmo você não é ninguém.
          Talvez eu até tenha falado besteira por eu não pesquisar nada pra escrever sobre isso porque a única base que gosto de ter são os conhecimentos já adquiridos e as viagens da minha cabeça, então, se tiver falado não estou nem azul. Espero que tenham gostado, e viagem bastante nessas coisas, faz bem pensar nisso, eu poderia falar muito mais, mas daria um livro e é melhor guardar os temas para outros posts, não se esqueça de curtir e compartilhar se tiver gostado, até a próxima, obrigado.

Vitor Kurosaki.