Recomendados

14 de janeiro de 2016

Barulhos na madrugada e ameaças de corte de internet

Saudações, terráqueos. Depois de muito tempo sem postar estou de volta, precisei resolver uns problemas no meu planeta, era pra ser rápido, mas a nave deu um defeito, enfim, isso não importa, o importante é que "eu voltei, agora é pra ficar ♪♫". Estava discutindo a postagem de hoje com um amigo meu e ele se identificou então acho que vocês também vão, afinal, quem nunca percebeu que de madrugada os barulhos ficam muito mais altos e intensos que o normal?
Quem mora com os pais vai entender isso, o seu teclado à tarde ou até a hora que seus pais estão acordados funciona de uma maneira normal, faz um barulho normal quando encosta nas teclas, agora quando seus pais deitam a cabeça no travesseiro seu teclado vira um simulador da II Guerra Mundial, cada letra que você digita é um tiro ou uma bomba que explode. Além do teclado, tem outro problema, é normal você sentir um pouco de sede de madrugada, só que a porta do quarto quando ta fechada não colabora com a gente, aí você abre com a maior cautela do mundo e a filha da mãe ainda consegue fazer barulho e se você tiver cachorro ele vai latir, e por que ele faz isso? Porque seus pais tem que saber que você está acordado às 3h, lei de Murphy, meu amigo, se algo pode dar errado, vai dar errado e vai dar errado da pior maneira, no pior momento e de uma forma que cause o maior dano possível

Obviamente, de acordo com as leis de Murphy, um de seus pais vão acordar (no meu caso, o pai): "ÔÔ Vitor, seu moleque, sabe que horas são? Não sai da frente desse computador um minuto, não dorme, vou ter que tirar essa internet, não usa essa porcaria pra estudar não, só fica jogando, até de madrugada, nunca vi, deixa de ser viciado, vai fazer alguma coisa que preste nesse computador, além de não dormir ainda não deixa a gente dormir, vai pra sua cama logo, se eu acordar e você tiver com essa merda ligada o trem vai ficar bom não.", "Boa noite também, pai '-' ". É mais ou menos assim...

Enfim, já sofri várias ameças de perder minha internet, mas cá estou eu, firme e forte, sobrevivendo às madrugadas, que pra mim são verdadeiros amplificadores de som. Eu vou ficando por aqui, até a próxima, obrigado.

Vitor Kurosaki.

Um comentário: